Saiba como evitar a sobrecarga de exercícios no período do verão

O intervalo entre as festas natalinas e a temporada de verão, para algumas pessoas, é preenchido por aflição e preocupação com os quilinhos a mais ganhos graças às ceias e às confraternizações. Na ânsia de garantir uma aparência em forma, o que acontece são exageros nas atividades físicas. Essa atitude pode gerar complicações para o corpo, resultando em lesões, exaustão, fadiga muscular, com consequências temporárias, ou até casos de cirurgia, segundo o professor de Fisioterapia da Estácio, Anderson Rodrigues.

Os chamados ‘atletas de verão’ costumam tentam recuperar o tempo perdido ao longo do ano em um curto espaço de tempo. “Para alcançar resultados mais rápido, alguns apelam para uma alta intensidade e frequência no treinamento, causando uma sobrecarga no corpo, especialmente para os que não estão habituados a fazer atividades físicas regulares. O excesso de exercícios pode causar lesões, entorses, dores na cervical e até facilitar a formação de hérnias”, alerta o professor.

Os principais sinais do exagero podem ser percebidos por meio de alguns sintomas. Dores nas articulações por um longo tempo, desconfortos na hora de fazer exercícios, cansaço e dores musculares são alguns dos alertas para os ‘atletas de verão’. “O ideal é fazer um planejamento das atividades físicas desde o início do ano focando no resultado desejado. Para isso, é necessária avaliação e acompanhamento de profissionais, como cardiologista, fisioterapeuta, nutricionista”, orienta Anderson. Desta forma, conclui, a atividade física promoverá qualidade de vida sem riscos à saúde.

Leia também

Leave a Reply