Lista Retrô 2016: as músicas que marcaram esse ano complicado

Por Ricardo Krusty, de Natal/RN

A sonoridade que se convencionou chamar de MPB – música popular brasileira, surgiu lá pelos anos 60 e quase seis décadas depois fica difícil definir o que podemos chamar de música popular. Ao meu ver… popular é o que consumido pelas maior parcela da população, e como “i’m living in the material world” (estou vivendo no mundo material) não posso esperar ouvir sons “from the spiritual sky” (do plano espiritual). Provando que hoje o ecletismo reina e ouvimos, ou ao menos tentamos ouvir, de tudo um pouco. Segue uma listinha com alguns dos nomes, a meu ver, mais TOPs da música em 2016.

No PLANO POTIGUAR temos forró, latinidades e pop rock:

Giannini Alencar
Ex integrante da banda “Forró Danado”, o sanfoneiro Giannini Alencar viu sua carreira decolar, no mês de junho com a divulgação de seu trabalho solo, o álbum Ao vivo em Olho D’Água dos Borges, trouxe faixas como “Águas Passadas” e “Levanta a Cabeça Princesa” que fizeram a galera mexer muito nos arraias e arrasta-pés pelo estado. O sucesso foi tanto que não à toa, correu um boato sobre sua participação no programa Super Star.

Luisa & os Alquimistas

Sabe aquela voz que você gosta de ouvir? Some a isso um instrumental tampa! Pois é, essa é a “mágico-química” de Luisa & os Alquimistas, banda que em 2015 já andava botando “Natown” no bolso, em 2016 com o álbum Cobra Coral conquistou todo o RN e adjacências.

Plutão Já Foi Planeta / Far From Alaska

E se eu não falar de Plutão? E se eu não falar do Far From Alaska? Vou apanhar né?! Então vou resumir: Era uma vez duas bandas potiguares que decidiram ganhar o mundo!!! Embora tenha sonoridades diferentes, ambas têm em comum a conquista de público e da crítica fora de nossas cercanias. Preciso falar mais? Não né, só orgulho, minha gente!!

Vamos ao PLANO NACIONAL com sertanejo, forró e uma MPB totalmente TransViada!

Marilia Mendonça

Sim! A Goiana não poderia faltar nessa lista. O ano estava começando quando surgiu uma propaganda no intervalo da novela: Marilia Mendonça ao vivo… Quem p* é Marilia Mendonça? Não demorou pra ficar sabendo por que logo o álbum chegou aos topo. A gordinha da sofrência caiu no gosto do público, com faixas que durante todo o ano figuraram entras mais tocadas. Você pode não gostar da sofrência, tentar ser a diferentona (ão), mas ela habita em você, receba!

Wesley Safadão
O cara ainda estava no Garota safada e eu disse pra ala forrozeira da família: a carreira solo desse daí não vai demorar. Pouco tempo depois, os programas passaram a anunciar Wesley Safadão e Garota Safada… Minha gente! Alguém tinha dúvidas de que esse era o ano dele por que o cara bombou no Spotify, no YouTube, Napster, rádios, TVs… O céu é o limite: Vai safadão!

Liniker
Tá amigo(a) eu sei que “vici cinhiciu” Liniker com o EP de 2015, mas deixe de mimimi por que a massa só foi conhecer em 2016, eu conheci na virada de 2015/16 o mantra de Zero, ouvi quando ia passando num bar em Pipa e fiquei o que é isso, cheguei em casa procurei no Google e Spotify e coube tudo na malinha de mão do meu coração. Tem gente que fica mordido num fica?”, mas esse ano foi dessa travesti, negra, pobre e com potência.

Se no Brasil houve uma mescla de gêneros, no PLANO MUNDO, o pop dominou…

Drake
Nunca tinha ouvido falar em Drake até o Spotify me indicar Hotline Bling, pense num chiclete quando você é um cara não dançante como eu, e quando ouve já vai fazendo a dancinha meio desengonçada do clipe, “That can only mean one thing”, traduzindo, só pode significar uma coisa: Sucesso!!!

Fifth Harmony
O sucesso começou a tomar conta em 2015, mas 2016 foi o ano definitivo para o grupo surgido no programa The X Factor. O formato grupo pop formado por belas mulheres, empoderadas tem prazo curto e o do Fifth Harmony parece que vai ser bem curto, recentemente uma integrante deixou de fazer parte do grupo… “Goodbye my friend”, os fãs esperam que de fato “It’s not the end”.

Major Lazer e Justin Bieber
Cuspi pra cima! Depois de muito criticar um pop star, esse boy Justin, me fez rever os conceitos pois pego dizendo que no segmento dele ele tem trazido boas surpresas nos últimos tempos. Sobre o Major Lazer, os novos queridinhos do eletro, são produtores de peso o que eles tocam vira ou, ou melhor vira hit nas pistas de todo o mundo.

OBS: Minha gente eu tinha que botar uns adicionais, mas o espaço era curto para os vídeos. Nem vou falar nada só botar o som pra vocês ouvirem. Até 2017!

Leia também

Leave a Reply