Nutrição – conheça 5 plantas alimentícias não convencionais

Por Thágila Maria, de Natal/RN

Ano novo, vida nova e muita gente está planejando mudanças em 2017, sejam elas uma mudança de profissão, de estudo, de cidade ou estilo de vida, faz parte do ser humano querer mudar. Em relação a alimentação não seria diferente.  Se você pensa que as mudanças alimentares que você pode fazer estão no supermercado, você se engana, os alimentos que você pode experimentar nesse ano que entra podem estar no canteiro da sua rua. Isso mesmo, você já ouviu falar em PANCS?

PANCS é a sigla que se dá para plantas alimentícias não convencionais, denominadas assim pelos pesquisadores Valdely Kinupp e Harri Lorenzi, que catalogaram parte delas no livro Plantas Alimentícias Não Convencionais no Brasil. As PANCS podem ser castanhas, sementes, frutos e folhas; e o que é PANC em um lugar, pode não ser PANC em outro, como por exemplo o fruto umbu é PANC na região Sul, mas não é PANC na região Nordeste porque é amplamente consumido.

Abaixo segue a lista de 5 PANCS para experimentar esse ano e que podem ser achadas facilmente na região Nordeste:

1 – Capucinha: É uma hortaliça e suas folhas e flores podem ser torradas, moídas e usadas como pimenta.

2 – Araruta: O caule pode ser utilizado para fazer biscoitos, pães e mingaus.

3 – Jurubeba: É uma planta a qual seus frutos e folhas podem ser utilizados para fazer cremes, patês, em conserva e chás.

4 – Umbu: É um fruto e dele podem ser feitos cremes, vitaminas, sucos, mousse e sorvete.

5 – Cará: As raízes do cará podem ser utilizadas no preparo de pães, bolos, biscoitos, cremes e como acompanhamento para carnes.

Leia também

Leave a Reply