Filme Potiguar Cuscuz Peitinho é lançado em Natal-RN

Cuscuz Peitinho, expressão típica do Nordeste, trata-se de um bolinho de farinha de milho cozido vendido pelas ruas, padarias e restaurantes. No curta metragem, a expressão Cuscuz Peitinho conta a história de Karol, um jovem que trabalha numa tradicional fábrica de Cuscuz. A história descortina uma discussão sobre a identidade de gênero e a violação de direitos humanos. A ficção foi filmada nos bairros do Alecrim, Dix-Sept Rosado, Praia do Meio e Ribeira, e mostra o poder da família e da amizade de dois jovens trabalhadores da fábrica, cheios de cumplicidade, mas que sofrem discriminação com o preconceito sexual.

Além da direção compartilhada com Júlio Castro, Rodrigo Sena que assina o argumento do filme revela que a ideia veio por conta da inquietação pelo momento que atravessamos no Brasil, em que temos representantes políticos extremamente machistas e homofóbicos. “Todos os dias nos deparamos com cenas homofóbicas, em São Paulo um rapaz gay é agredido com um golpe de lâmpada fluorescente em plena Avenida Paulista. Precisamos falar dessa violência e mostrar a opressão que a intolerância com a diversidade humana e sexual provoca”.

Rodrigo ainda compartilha que a ideia surgiu quando um amigo chamado Adolfo Ramos contou uma história sobre uma visita a uma fábrica de cuscuz, e essa história que escutou inspirou o roteiro de Cuscuz Peitinho. Sobre fazer cinema no cenário audiovisual potiguar Rodrigo acrescenta:

“Fazer um filme, costumo dizer, que é para os fortes, pois reúne várias outras frentes: música, fotografia, teatro, produção. É muito difícil fazer um filme de forma independente, seguimos firmes entre convites e desistências, o que tornou a obra Cuscuz Peitinho ainda mais forte”.

Cartaz_cuscuz_peitinho

A finalização e lançamento do filme foi possível graças ao edital de Economia Criativa de apoio a Projetos culturais, viabilizado pelo SEBRAE-RN. O produtor executivo Arlindo Bezerra, e também preparador de elenco do filme, inscreveu no edital um projeto para viabilizar a finalização e o lançamento do curta. Sob êxito, o projeto prevê um pré-lançamento no dia 21/06 às 14h, na Distribuidora de Cuscuz Potiguar no bairro do Alecrim, onde o filme foi filmado, com sessão gratuita voltada aos funcionários da fábrica e comunidade.

O lançamento oficial acontecerá no dia 22/06 às 21h, no Ateliê Bar no bairro da Ribeira. Após o lançamento do filme, a celebração continuará no local por meio do projeto Forró da Quarta apresentado pelo grupo musical Bando das Brenhas, em uma noite de cinema, forró e cuscuz.

SERVIÇOS:

Lançamento oficial – Dia 22/06 às 21h (R$ 10,00)

Após a exibição do filme haverá apresentação do Projeto Forró da Quarta com o Bando das Brenhas

Ateliê Bar

Rua Chile, 39 – Ribeira

Leia também

Leave a Reply